alt

 
O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra), lançou nesta terça-feira (03) o pacote de obras emergenciais para as rodovias estaduais, que estão deterioradas devido à falta de manutenção nos últimos anos. Serão distribuídos aos prefeitos cerca de três milhões de litros de óleo diesel. 

O “Pró-Estradas - Programa Emergencial de Recuperação das Estradas” vai atender a todos os 141 municípios. Ao todo, serão investidos mais de R$ 30 milhões. 

As medidas paliativas para as estradas da malha rodoviária fazem parte das metas da para os 100 primeiros dias de gestão. 

As estradas de Mato Grosso foram apontadas como as piores do Brasil, segundo pesquisa da CNT (Confederação Nacional dos Transportes). 

“Lançamos hoje um pacto com ações emergenciais para amenizar a situação crítica em que se encontram as nossas estradas, com objetivo de novo futuro apresentar aos prefeitos e aos cidadãos um plano com diretrizes estruturantes para solucionar de uma vez por todas os inúmeros problemas logísticos que Mato Grosso enfrenta", declarou o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte. 

O Governo vai efetuar a distribuição de insumos - massa asfáltica para as estradas pavimentadas e óleo diesel para as não pavimentadas – aos municípios que irão participar do pacto. 

O programa foi elaborado a partir de um diagnóstico realizado pelo corpo técnico da Sinfra, que levantou a real situação atual das rodovias, que estão com o estado de conservação crítico. 

Termo de cooperação 

Depois da reunião com o governador Pedro Taques no Palácio Paiaguás, 51 prefeitos foram até a Sinfra para fazer a assinatura individual do Termo de Cooperação Técnica (TCT) para ter acesso aos insumos e retirar um cartão para receber o diesel. 

A divisão de massa asfáltica por município utilizará os seguintes critérios: quilômetros de malha rodoviária estadual que será incluída na parceria e o atual estado de conservação da malha. 

Já para a divisão de óleo diesel por município serão utilizados como critérios o total de quilômetros de malha rodoviária estadual e municipal não pavimentada. Os demais prefeitos que não puderam ir até a secretaria poderão buscar o cartão nos próximos dias. 

Outras ações emergenciais 

Também faz parte do programa emergencial o lançamento da Operação Tapa-Buraco, que buscará melhorar as condições das rodovias do Estado. O trabalho teve início nas estradas da Baixada Cuiabana, em especial nas que dão acesso aos municípios que tradicionalmente recebem foliões durante o Carnaval. 

Serão realizadas obras de recapeamento começando pelos trechos mais perigosos. Além disso, será feito o corte do matagal nas margens das vias para facilitar a visualização da sinalização de trânsito. Esta ação contribuirá para a redução do número de acidentes. 

Outro ponto importante do plano é a reativação da usina de asfalto de Cuiabá, que estava sucateada, mas voltou a funcionar em 2015. 

A Sinfra também irá realizar a reativação das Patrulhas Mecanizadas do Estado. Os maquinários serão utilizados para atuar principalmente nas rodovias não pavimentadas que estão em situação crítica nesta época de chuva. 

As vias garantirão a trafegabilidade nessas estradas de terra, e vão resgatar os caminhões que eventualmente estiveram atolados. As equipes mecanizadas são compostas por caminhões basculantes, motoniveladoras, escavadeira e caminhões.
 
Fonte: midianews